Qual a distância máxima de um rádio comunicador?

HomeCDC SolutionsQual a distância máxima de um rádio comunicador?
Post Image

O rádio comunicador profissional e privado é um equipamento usado para comunicação que utiliza frequências de rádio em vez de sinais de operadora, como acontece com os celulares tradicionais. Esse recurso tem grande adesão por empresas para realizar a comunicação de suas equipes.

Um rádio comunicador, portanto, é um aparelho de comunicação tecnicamente parecido com o celular, mas que utiliza outro tipo de frequência, que podem ser VHF ou UHF, para distâncias mais curtas, ou HF, para longas distâncias.

Atualmente existe também a opção de rádios comunicadores que utilizam a infraestrutura da operadora celular para as transmissões. Trata-se da tecnologia PoC (PTT over Cellular), mais conhecida como PTT via Celular. Conheça a seguir como funcionam esses equipamentos e tecnologias.

Como funciona um rádio comunicador profissional?

O rádio comunicador profissional pode ser digital ou analógico, sendo que, apesar dos benefícios da opção digital, o outro também atende as demandas corporativas quanto ao uso desses equipamentos. Eles podem ser de dois tipos:

  • Rádio VHF/UHF: essa opção significa Very High Frequency e é utilizada para cobertura profissional de rádio para comunicações ponto a ponto (rádio a rádio) ou via repetidor de sinal para aumentar a área de cobertura;
  • Rádio HF: possui alta frequência, sendo chamados de High Frequency. Por possuírem um alcance maior, podem ser usados para comunicação há quilômetros de distância, porém não são de caráter profissional.
  • PoC: tem cobertura global, utilizando a estrutura das operadoras de celular ou rede wifi, porém onde não há cobertura celular, não irá funcionar.

O rádio profissional também vai apresentar uma série de outros benefícios que vão facilitar o uso e melhorar o desempenho da comunicação entre os operadores. Entre eles, podem ser destacadas vantagens como:

  • Realiza transmissão digital tornando o som mais claro;
  • Permite chamadas em grupo para os demais participantes naquela frequência;
  • Possibilita a realização de chamadas privadas;
  • Reduz a passagem de ruídos externos, melhorando a comunicação;
  • Possui uma bateria com maior duração e maior vida útil do aparelho;
  • Permite mensagens de texto além das de áudio.
  • Agrega diversas funções com rastreamento GPS, man down, alone worker, SMS, telemetria…

Devido essas funcionalidades o rádio comunicador é bastante usado em empresas, nas indústrias, na construção civil e no comércio, principalmente, em setores como o de segurança, atendimento ao público, transporte, estoque, almoxarifado, portaria e outros.

O principal uso é quando os profissionais precisam comunicar-se com frequência para melhorar a operação do negócio e o uso do telefone é restrito devido a localização, custos envolvidos e, principalmente à falta de agilidade na comunicação via telefone. No rádio, basta apertar, falar e e receber a resposta. No telefone, você precisa discar um número, a outra pessoa atender e depois estabelecer a comunicação. Além disso, No telefone não é possível falar de um para vários de forma instantânea.

Qual a distância operacional do rádio comunicador?

O funcionamento do rádio comunicador depende de diferentes fatores, fazendo com que a distância garantida pela operadora possa sofrer alterações de acordo com:

  • Relevo, sendo o funcionamento mais garantido em áreas mais planas;
  • Interferência de outros equipamentos na região;
  • Obstrução física, como a existência de muitos prédios entre os rádios;
  • Uso da bateria, sendo que uma mais velha pode resultar em limitação do alcance.

Assim, em situações adequadas, a distância para uso do rádio comunicador profissional pode variar entre 2 e 45 quilômetros. Também é possível optar pelo uso de uma repetidora de sinal que, dependendo do tipo e do local de instalação, pode permitir ampliar o sinal do rádio, sendo que o mesmo pode atingir a distância de 60 quilômetros.

O alcance do uso da repetidora pode variar de acordo com as condições da instalação e equipamentos utilizados. Quanto mais no alto estiver a antena e ele for colocado no meio da área de abrangência, melhor será a capacidade de transmissão dele. Dessa forma, essas questões devem ser avaliadas antes da instalação e também na definição dos aparelhos, pois o alcance varia bastante de acordo com o modelo do rádio.

Qual a eficácia de um rádio comunicador quando comparada a de um rádio amador?

O rádio comunicador amador apresenta uma série de limitações que fazem com que o uso dele não seja indicado se a operação da empresa depende de uma boa comunicação entre os colaboradores.

Isso porque, esse equipamento não profissional, possui uma restrição no alcance, não possui grande variedade de funcionalidades, como opção digital, mensagem de texto, chamadas privativas e outras.

Assim, ao escolher o rádio comunicador mais vantajoso para a empresa é essencial avaliar quais demandas esse recurso pretende atender e qual o nível de profissionalismo desejado para que a escolha atenda mais completamente os objetivos do negócio.