Como funciona a comunicação via rádio?

HomeCDC LabsComo funciona a comunicação via rádio?
Post Image

Muita gente não se dá conta de como o meio de comunicação por rádio é vital para existência da sociedade como conhecemos. Não, não vamos falar de como funciona a sua rádio predileta. Você já deve ter notado em grandes eventos, que seguranças portam rádios para comunicar qualquer perturbação na ordem natural das coisas, ou até naquele filme de que você gosta que tem um policial, um médico, um enfermeiro ou até mesmo um bombeiro utilizando rádios para se comunicar, pois então, é desse tipo de rádio que vamos falar agora.

Como funciona a comunicação via rádio?

A comunicação via rádio teve início no final do século XIX e vem evoluindo constantemente. Hoje estão sendo empregados em centrais telefônicas, telefones celulares, internet sem fio, TV digital, GPS e até em comunicação via satélite.

Para todas essas ações, é necessário uma grande estrutura que vai variar um pouco do tipo de comunicação via rádio utilizada, mas em seu cerne, existe uma estrutura básica comum a todos.

A estrutura básica para transmissão ou recebimento das ondas consiste em: um transdutor, um modulador, um amplificador e uma antena. Esses quatro equipamentos fazem com que as informações elétricas sejam convertidas e moduladas em faixas de rádio.

Tudo isso porque os campos elétricos e magnéticos se propagam no espaço e podem ser detectados através das antenas. Existem duas formas de transmissão de rádio: uma radiodifusão e uma radiocomunicação.

O que é comunicação via rádio / radiocomunicação?

É um recurso de rádio feito com intuito de informações por ondas previamente estabelecidas por meio sinais eletromagnéticos por intermédio de transceptores de informação.

Ela é utilizada para comunicação basicamente por transceptores, isso quer dizer que o transmissor também é receptor dos sinais eletromagnéticos por uma linha em uma antena de maneira geral, a esse sistema se dá o nome de sistema irradiante.

É chamado de radiocomunicação, pois a transmissão de ondas permite a comunicação em via dupla, isso quer dizer que aquele que recebe também pode transmitir. Como é o walk-talkie que as crianças normalmente usam, recurso muito utilizado por indústrias para garantir a comunicação entre seus funcionários de maneira rápida e adequada.

Onde vemos o sistema de radiocomunicação ser utilizado?

Setores de segurança, seja pública ou privada, utilizam esse sistema, bem como hotelaria, que também faz uso dessa prática, pois assim podem se comunicar sem a necessidade de se locomover por longas distâncias para transmitir informações. Áreas de saúde emergencial, como médicos e enfermeiros que se encontram em unidades móveis fazem uso desse sistema, assim como bombeiros.

Ainda podemos ver a radiocomunicação sendo utilizada de maneira produtiva no transporte ferroviário, na construção civil, na mineração, na instalação e na manutenção de serviços de telecomunicações, como telefonia e internet, na gestão de rodovias, nas indústrias e no agronegócio. Como disse acima, ela facilita a comunicação entre setores distantes, possibilitando uma ação mais rápida quando necessário.

Quais as vantagens da Radiocomunicação?

Além de ser um agregador na comunicação e uma ótima ferramenta para trabalho, a radiocomunicação traz uma maior integração entre a equipe e seus colaboradores, aumenta a produtividade, combate a falha de comunicação e as interferências, traz maior segurança na hora de executar tarefas precisas e tomadas de decisão em momentos de tensão. Ajuda na coordenação e nos processos que vão realizar, permite a adaptação do sistema para favorecer as necessidades e peculiaridades do serviço, além de ser um serviço que pode ser usado sem restrições, pois não há um pacote que vá limitar o uso de tal tecnologia que também permite o monitoramento das equipes e indivíduos por meio do GPS.

Como pode ver, um investimento na área de rádio comunicação para sua empresa é um investimento em modernização, capacitação e produtividade, pois traz diversas ferramentas para facilitar e controlar seus colaboradores.

Norma de controle da Radiocomunicação

Anatel, através da resolução nº 680 de 27 de junho de 2017 , deu ao setor normas para que a radiocomunicação possa trabalhar de maneira eficaz sem que venha a prejudicar outros segmentos que utilizam as ondas de rádio em seu dia a dia.

Assim, foi aprovado um sistema para regulamentar os equipamentos de rádio comunicação de radiação restrita. É uma alteração à regulamentação do serviço de telecomunicação, o regulamento de serviço de comunicação multimídia e o regulamento de serviço limitado privado, trazendo uma maior facilidade de compreensão para as empresas e contratantes que desejam saber se a empresa que presta serviço se encontra dentro da lei.

Vale lembrar que este texto não substitui o Diário Oficial da União de 29 de junho de 2017, para ter acesso às informações do DOU basta clicar no link.

A resolução nº 680 tem como objetivo simplificar as regras para o empreendedor iniciar seu trabalho de prestação de serviço de telecomunicações mais especificamente aos provedores de internet e radiocomunicação, assim como atualizar as regras que regulamentavam o setor base para a comparação de condições e requisitos para o enquadramento técnico dos equipamentos utilizados, que estão em constante evolução. Podemos salientar alguns pontos desta nova regulamentação.

Ela dispensa o licenciamento das empresas de telecomunicações de rede e de suporte para prestação de serviço restrito e coletivo que utilizem exclusivamente equipamentos de radiocomunicação de radiação restrita e/ou de meios confinados.

Também dispensa autorização, que era necessário para prestação de serviço de comunicação multimídia ou SCM, assim como do serviço limitado privado, também conhecido como SLP, desde que o serviço se enquadre em redes de telecomunicações de suporte à exploração de serviço que utilizem exclusivamente equipamentos de radiocomunicação de radiação restrita ou meios confinados. No tocante ao SCM, a autorização de dispensa se limita a prestadoras com até 5 mil acessos em serviço.

A resolução n° 680 entrou em vigor 60 dias, quando foi publicada no Diário Oficial da União e ficando assim válida em todo território nacional.

O importante para usuário final é que para utilizar um sistema de radiocomunicação ele precisará utilizar uma ou várias frequências, que precisaram estar licenciadas para utilização naquele local.

Ou seja, o licenciamento na ANATEL é primordial para uso, pois a ANATEL regula quem está usando cada frequência em cada local, para que não haja interferência.

Cada usuário do Serviço Limitado Privado tem a sua frequência exclusiva licenciada na Anatel.

Agora que já demonstramos as diversas capacidades e os setores que a radiocomunicação pode ser empregada, nós do Grupo CDC Telecom que presta serviço a diversos segmentos da sociedade, oferecemos a vantagem de comprar ou alugar esse sistema de comunicação para sua empresa.

O Grupo CDC conta com um moderno laboratório para manutenção e realização de testes periódicos em seu dispositivo, além de um grande setor de engenharia, onde desenvolvemos avanços para oferecer a nossos clientes um serviço mais especializado e uma consultoria antenada aos padrões internacionais. Tudo que precisa fazer é entrar em contato com o grupo CDC Telecom e nossa equipe lhe dará o serviço do qual necessita.